COVID-19: evolução da linguagem visual

Tendências / Autenticidade
visualspace
1217191626
Rebecca Swift
abr. 16, 2020
Pode parecer estranho contemplar o uso de imagens para marketing quando a narrativa jornalística atual é tão importante, especialmente quando a Semana de Marketing descobriu que 86% dos profissionais de marketing estão atrasando campanhas e pausando novas atividades, e mesmo assim, é importante dar uma olhada no que ainda está causando impacto durante a nossa crise atual.

A situação que nos encontramos agora é referida universalmente como “inédita”.  Uma pesquisa recente da Interactive Advertising Bureau descobriu que 74% dos executivos de publicidade disseram que o COVID‑19 causou um impacto maior em seus negócios do que a crise financeira de 2008, enquanto 44% disseram que a situação atual é substancialmente pior.

Isso significa que enquanto estamos lidando com as mudanças em nossos trabalhos, vidas, relacionamentos e o que fazemos para nos divertir, marcas não tem nenhum outro papel além de dizer “Estamos fazendo algo para te apoiar". Exemplos incluem a LVMH trocando a sua produção de perfumes para álcool gel, a Budweiser relocando seu orçamento esportivo para a área de saúde e a Toyota e Hyundai oferecendo assistência em financiamentos de carros.
Mas o que os dados dizem?
Analisamos as imagens que os nossos clientes estão baixando e centenas de milhares de termos de pesquisa diferentes usados nos sites da Getty Images e da iStock durante o mês de março de 2020 e comparamos com o que observamos antes da pandemia do COVID‑19. Não é surpresa alguma que pesquisas para coronavirus/COVID‑19 dominaram e continuam dominando nossas pesquisas editoriais e criativas. A porcentagem também aumentou ano a ano referente aos termos como distanciamento social, lavar as mãos, álcool gel, máscara facial, papel higiênico, limpeza, tosse, gripe, enfermeiras, médicos e ruas vazias. Nossos fotógrafos e videomakers reagiram a isso rapidamente e o conteúdo atual está sendo adicionado diariamente em nossos sites. A equipe editorial da Getty Images está focando toda a sua energia em cobrir a crise enquanto a equipe criativa está aconselhando nossos fotógrafos e videomakers sobre como fotografar com segurança enquanto estamos em lockdown.

Além disso, nosso trabalho e comportamento social mudou drasticamente em questão de poucas semanas. Apesar de esperarmos que “trabalho de casa” e “home office” mantenham uma presença consistente em nossos dados de pesquisa daqui para frente, esse mês vimos milhares de clientes pesquisando por conteúdo relacionado a chamados por vídeo, conferência por vídeo, reunião virtual, trabalho remoto e conferência telefônica, com o número total de pesquisas aumentando em quase 2000% entre março de 2019 e março de 2020. Conferências telefônicas, por exemplo, são totalmente diferentes do que eram há apenas um mês. Enquanto tradicionalmente fotografamos conferências telefônicas com um quórum em uma sala e outras pessoas em ligação, a cena visual mudou significativamente, pois sabemos que todos estarão em ligação. Semelhantemente, enquanto muitos têm sorte de ter uma sala para trabalhar, para a maioria trabalhar com parceiros, colegas de quarto e crianças virou a nova realidade.
Agora mais do que nunca, a tecnologia tem um papel vital em nossas vidas, permitindo a educação e trabalho em casa em uma escala global. Plataformas como Zoom e Google Hangouts melhoraram de muitas formas a comunicação entre colegas, amigos e famílias.

Nossas televisões, laptops e telefones móveis agora oferecem ainda mais entretenimento, educação e uma conexão com o mundo.  Conforme descobrimos recentemente com a nossa pesquisa do Visual GPS, "79% dos consumidores disseram que a tecnologia os fazem sentir mais conectados com aqueles que mais importam" e é até mesmo possível que já tenhamos notado uma resposta mais positiva agora. Por outro lado, e baseado em pesquisas anteriores do COVID‑19, "41% dos consumidores acreditam que a tecnologia tem um impacto negativo em seus relacionamentos e como eles se sentem sobre eles mesmos". Há uma probabilidade grande que isso mude nos próximos meses. Além disso, conforme nos adaptamos ao novo normal, marcas estão usando nosso comportamento social e nos mostrando empatia, conforme vemos em aumentos de pesquisas para entregas em domicílio/entrega de comida, compras online, malhar em casa, educação em casa (aumento mais de 9000%) e assistir TV.

As coisas mudaram e vão continuar mudando, é por isso que estamos conduzindo mais pesquisas pelo Visual GPS para entender melhor quais tipos de conteúdo estão ressoando com consumidores durante essa crise. Explore a série de imagens abaixo para entender melhor quais tipos de conteúdo visual estão sendo consumido nessa nova realidade. 
Visual GPS: Autenticidade