Envelhecer: A próxima conversa sobre inclusão

Repicture / Nossas Parcerias
Flashpop
901670548
Rebecca Swift
set. 24, 2019
Você sabe exatamente os tipos de imagens que estou falando. Uma pessoa andando ao lado de um idoso tentando manobrar um andador. O idoso sentado sozinha em uma “poltrona”. A mulher segurando um telefone antigo com números enormes na tela.

Esses visuais são emblemáticos com representações estereotípicas do envelhecimento que diariamente vemos. Porém, essas representações antiquadas não poderiam estar mais distantes da realidade do envelhecimento de hoje em dia.

Isso ocorre porque os adultos com mais de 50 anos estão cada vez mais vivendo vidas cada vez mais completas. Eles estão trabalhando mais, abrem negócios e criam crianças de todas as idades. Eles são fisicamente ativos e abraçam a tecnologia. Resumindo, eles aproveitam e fazem muitas das coisas que outros jovens fazem, desde saborear um café até tirar selfies para socializar com seus amigos. Suas vidas são multidimensionais, em todos os sentidos da palavra.

Por isso, a Getty Images fechou uma parceira com a AARP, para construir e lançar a coleção Disrupt Aging®, uma coleção com mais de 1.000 imagens que mostram o envelhecimento de uma maneira autêntica, positiva e mais inclusiva.
"Ao mostrar as experiências do dia a dia, estilos de vida e relacionamento de adultos entre 50 e 100 anos, estamos comprometidos a contar uma narrativa multidimensional sobre o envelhecimento."
Ao mostrar as experiências do dia a dia, estilos de vida e relacionamento de adultos entre 50 e 100 anos, estamos comprometidos a contar uma narrativa multidimensional sobre o envelhecimento, desde negócios e tecnologia até cuidado, diversão e realizações — entre uma variedade de idade, gênero, etnia e linhas socioeconômicas.

Equipados com diversos insights da AARP, nós desenvolvemos guias para nossos fotógrafos colaboradores que enfatiza a necessidade de imagens destacando ideias positivas como diversão, amizade e sucesso, relacionamentos de várias gerações e conectividade.

No primeiro momento, havia um desejo em fornecer imagens autênticas que permitissem às marcas e empresas melhorar a maneira como se comunicam com clientes em potencial de uma maneira visual. Graças à pesquisa da AARP, sabemos que dois terços dos adultos acima dos 50 anos acreditam que as imagens exibidas na mídia são discriminatórias contra essa faixa etária, e 80% do mesmo grupo disse que a mídia e a publicidade usam imagens e conceitos estereotipados. Aqueles que foram entrevistados simplesmente não se sentiram ouvidos ou notados — com 51% das mulheres de 50 anos ou acima dizendo que se sentem “invisíveis” nas campanhas publicitárias.

Considerando que existem 114 milhões de americanos com idade acima dos 50 anos que contribuem anualmente com aproximadamente US$ 7.6 trilhões, as marcas não podem “deixar de lado” essa oportunidade de se comunicar esse público. Na Getty Images, descobrimos que os visuais que refletem e incluem autenticamente esse público são mais bem‑sucedidos e relevantes.
"Dois terços dos adultos acima dos 50 anos acreditam que as imagens exibidas na mídia são discriminatórias contra essa faixa etária, e 80% do mesmo grupo disse que a mídia e a publicidade usam imagens e conceitos estereotipados."
Como estamos vendo isso refletido em nossos próprios dados? A demanda por conteúdo que apresenta pessoas “acima dos 50 anos” está crescendo. Podemos ver isso essas mudanças em relação ao ano passado. As pessoas estão se tornando mais ativas fisicamente, e também estão mais ativas nos negócios. Isso também é refletido no conteúdo que nossos clientes preferem licenciar.

Em 2008, nossa imagem mais vendida de “idosos” foi de um casal caucasiano olhando para longe — uma imagem típica de aposentadoria. O que eu chamaria de “antigas” inspirações para o envelhecimento.

Chegando no ano de 2018, nossa imagem mais vendida foi de um grupo de idosas praticando ioga juntas…um grupo de pessoas mais velhas se socializando, demonstrando suas habilidades físicas e também aproveitando suas vidas. Ao juntar esses conceitos relacionados a amizade, atividade, comunidade e diversão, conseguimos algo mais relevante para um público moderno. E nossos clientes também veem isso.

E a longo prazo, é exatamente esse o propósito dessa coleção. Quebrar estereótipos. Combater suposições discriminatórias sobre idade e envelhecimento. Defender a ideia de que no final das contas, a idade é apenas um número.
Projeto #NosMostre no Cannes Lions