Esgrima em cadeira de rodas

Destaque / Ensaio em Destaque
Capuski
1306214798
Luiz Pettena
jul. 21, 2021
A equipe formada pelo marido e pela esposa Rodrigo e Cris Capuski se especializou em fotografar cachorros na maior parte de sua carreira. Desde que a equipe começou a trabalhar com a iStock nos últimos anos, Renata Simões, gerente sênior de conteúdo para a América Latina, incentivou o casal a expandir seu portfólio para incluir mais pessoas e estilo de vida.  No início da primavera, eles planejaram uma sessão de fotos esportivas com o objetivo de dar visibilidade a atletas que não são muito percebidos.
 
“A ideia surgiu devido à proximidade dos Jogos Olímpicos e todas as tendências e pesquisa que vemos da Getty Images e a ‘Disability Collection’. Existe um espaço entre a mídia e a realidade no que diz respeito às pessoas com necessidades especiais. Apesar de uma em cada cinco pessoas ter necessidades especiais, somente dois por cento de imagens disponíveis publicamente representam suas vidas.”

Como Rodrigo e Cris não conheciam nenhum atleta, fizeram um post no Instagram para recrutar pessoas e acabaram conhecendo o treinador dos atletas paralímpicos e então se conectaram com dois de seus alunos de esgrima, Carminha e Moacir.  Os esgrimistas inicialmente ficaram surpresos com o pedido dos fotógrafos, e então agradecidos com a oportunidade de contar sua história visual: "é difícil para as pessoas se interessarem por nós", disse um deles, "elas nunca nos procuram para nada.”
 
Para todos os envolvidos, era essencial ir além de um estereótipo dimensional, por isso os atletas guiaram os fotógrafos na sessão para manter a autenticidade e expressar as realidades de seu treinamento.  Ao final da experiência, Rodrigo e Cris sentiram ter aprendido muito sobre os esportes paralímpicos, os seres humanos por trás deles e a importância de serem vistos e representados.
 
“Acho que nosso maior aprendizado foi nos tornar conscientes do quanto as pessoas com necessidades especiais sentem falta de serem incluídas e respeitadas. Eles foram alguns dos modelos mais interessantes com que trabalhamos em nossa carreira. Sabemos que muitas pessoas se dedicam aos esportes, competem em campeonatos e buscam seus sonhos. Colocar atletas como Carminha e Moacir como protagonistas na produção de nossas fotos e vídeos focados em força e determinação apenas reforça a resiliência da comunidade paralímpica.”
 
As pessoas dizem que os esportes podem construir pontes e foi isso o que esta sessão ofereceu. Quando belas histórias são descobertas e podem ser compartilhadas com o mundo pelas lentes de nossos colaboradores, isso nos faz mudar o mundo (e o esporte) com imagens.

Movimento fluido